Release

MCs Junior e Leonardo

Nascidos e criados na favela da Rocinha, Junior e Leonardo são parte da história do maior movimento cultural de massas no Brasil hoje: o funk carioca. Na estrada desde os anos 1990, os irmãos MCs gravaram o primeiro disco inteiramente dedicado a uma dupla de funkeiros e o primeiro clipe de funk nacional. Seu maior sucesso, o Rap das Armas, é o mais polêmico da história do funk e continua a produzir debates, especialmente depois de ter sido incluído na trilha sonora do não menos polêmico filme Tropa de Elite (2007).

A dupla de MCs surgiu dos concursos de rap que eram realizados pelas equipes de som nos bailes nas favelas do Rio de Janeiro nos anos 1990. Portanto, suas músicas expressam a voz da juventude das favelas e periferias, seus anseios, suas dores e sonhos.

Embora o funk seja o estilo musical que identifica o trabalho de Junior e Leonardo, suas influências misturam outros sons e ritmos. Filhos do forrozeiro Chico Mota, que tocou com Jackson do Pandeiro, os MCs carregam a tradição do forró pé-de-serra, bem como do coco e outros ritmos populares. Além disso, são compositores da escola de samba Acadêmicos da Rocinha, numa mistura samba-funk contemporânea e representativa da cultura popular brasileira.

Mais recentemente, MC Leonardo passou a integrar o corpo de colaboradores da Revista Caros Amigos, com uma coluna que busca apresentar a realidade da vida na favela e sua relação com a sociedade mais ampla.

Apesar do mercado do funk hoje ser dominado por temas pornográficos e estabelecer uma autocensura com relação a letras mais elaboradas e críticas, Junior e Leonardo continuam a fazer a poesia da favela, sem se renderem aos apelos mercadológicos e nem à sedução da apologia ao crime. Desse modo, fazem do funk um importante instrumento de comunicação popular, voltado para fazer pensar e transformar a realidade em que vivemos.

Os MCs também vêm liderando um movimento pela aprovação de uma lei federal que defina o funk como movimento cultural popular e que contribua para que esses artistas sejam reconhecidos e protegidos contra qualquer tipo de discriminação, bem como do desrespeito aos seus direitos como profissionais. Junior e Leonardo acreditam que com a proteção do Estado e com a organização dos funkeiros será possível garantir o respeito à diversidade da produção musical funkeira e fazer do funk uma alternativa de lazer consciente, trabalho prazeiroso e perspectiva de vida para a juventude de favelas e periferias.

4 Respostas para “Release

  1. junio de vitoria es

    é isso ai …fortalecendo o movimento funk de verdade ..continuem assim vc´s sao merecedores do sucesso…..vlw

  2. Adriana Facina

    Tá ótimo esse release, heim? Quem escreveu mandou bem. rs
    bjos aos meus amigos e ídolos!

  3. Rodrigo

    Parabéns MCs Junior e Leonardo! Sempre curti a música de vocês, há aproximadamente 14 anos curto funk e vejo que vocês não se venderam ao modismo da pornografia, dos proibidos e da falta do que dizer. Infelizmente o que chegou aqui no RN foi o funk comercial mas ainda acredito que isto pode mudar. O funk precisa de MCs de verdade como vocês. Parabéns pelo trabalho.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s