Roda de Funk na Cidade de Deus

texto por Claudia Duarcha do site Funk de Raiz. Confira as fotos do evento no site : www.funkderaiz.com.br

O processo de ocupação na Cidade de Deus, começou em Novembro/2008, na época as manchetes noticiavam:

“PM pretende dar um choque de ordem na favela. A ação tem como objetivo acabar com sete pontos de venda de drogas, além de coibir o sinal pirata de TV por assinatura e a venda ilegal de botijões de gás”.

De lá para cá muita coisa aconteceu, outros objetivos foram implantados e os moradores têm passado por todos os tipos de situações.

CDD, um dos maiores celeiros musicais do Rio de Janeiro vive hoje um momento de grande tristeza. Seus profissionais tem enfrentado represálias, não conseguem trabalhar e até segunda ordem, o Funk está PROIBIDO na comunidade.

Lutando pelos direitos destes profissionais, a APAFUNK tem feito um trabalho cuidadoso de conscientização e informação diante do cenário atual do funk. O senso crítico dos seus componentes é de grande valia, em seus debates e eventos, é divulgada a lei que reconhece o funk como cultura, a importância do funk dentro das comunidades como meio de comunicação, informação e transformação, além de criar espaços alternativos a todos os profissionais que não conseguem divulgar seus trabalhos e ficam a margem do movimento, por não se enquadrarem ao “perfil” imposto pela mídia.

Em quase 1 ano de existência, a APAFUNK vem colecionando muitas vitórias e a Cidade de Deus, hoje, faz parte desta realidade. Diante da criminalização e proibição do funk, os integrantes ocuparam a Rua GG, levando muita informação e entretenimento a todos os moradores dos Apês e policiais presentes. Para seus fundadores, este foi um MARCO na história da associação.

Eu, Claudia, saí de lá com uma certeza: “O trabalho é árduo, mas muito gratificante, tendo em vista que atitudes mobilizadoras e pro ativas serão justamente o que sustentará a transformação e trarão resultados compensadores ao movimento. É possível MUDAR o impossível, quando o coletivo está acima do individual”.

Encontro você na próxima Roda de Funk, lá no Morro Santa Marta!.

Agradecimentos especiais: Fran, Fu da Bacardi, Bonde do Vinho, Jr, Leonardo, Markinhos, Beto, Tiana, Pingo, Liano, Zeu, Mano Teko, Lasca, Vinícius, Wandinho, Piri, Tojão, Orlando Zaccone, Adriana Facina e Guilherme Pimentel.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s